ASSÉDIO SEXUAL

Uma campanha no metrô da Cidade do México registrou a reação de homens ao se sentarem em um banco com um pênis moldado no assento. A campanha contra assédio tem como intuito ilustrar que todas as pessoas têm o direito de viajarem em segurança no transporte público, sem que ninguém interfira nisso com comentários sexuais ou tentativas de assédio físico.

Um vídeo da campanha mostra homens desatentos sentando no assento especialmente reservado para eles. Eles só se levantam ao perceberem algo diferente, assustados e imediatamente desconfortáveis.

Aparentemente sem relação com a empresa que administra o transporte na capital mexicana, a campanha procura conscientizar os homens contra o assédio sexual vivido pelas mulheres. "É incômodo viajar aqui, mas não se compara à violência sexual sofrida pelas mulheres em seus trajetos diários", mostra a imagem em frente ao assento, marcado com um adesivo "Exclusivo para homens".

Ao final do vídeo, uma estatística chocante: 9 em cada 10 mulheres na capital mexicana já sofreram algum tipo de violência sexual.

Um segundo vídeo (veja abaixo) da mesma campanha mostra como homens se sentiram ao terem suas partes íntimas exibidas nas telas da plataforma.

Essa não é a primeira vez que o metrô da Cidade do México lança uma campanha com o mesmo objetivo. Recentemente uma ação contra assédio nas estações filmava, em tempo real, partes íntimas dos corpos masculinos e mandavam para o televisor instalado na plataforma. As imagens eram constrangedoras e alertavam aos homens o quanto também é constrangedor ficar olhando para os corpos das mulheres. 

Comentários

MAIS VISITADAS:

SERENDIPITY.

FUMAR É QUESTÃO DE LIVRE-ARBÍTRIO, VOCÊ CONCORDA?

A VIOLÊNCIA CONTRA O NEGRO NO BRASIL

SE VOCÊ TEM INSTINTO INVESTIGATIVO PODERÁ AJUDAR NA RECUPERAÇÃO DE 87 MIL VEÍCULOS E A PRENDER 4 MIL FORAGIDOS