Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2012

O MUNDO IMAGINÁRIO DA SOLIDÃO.

Imagem
A força da solidão também se alcança no escuro da noite. Lá poderá haver a vantagem de se viver um monólogo definido por alguém que saiba pensar. Neste interminável monólogo, a solidão e o silêncio se tornam meios de liberdade, mas alcançá-la é sorte de espíritos excepcionais.
Penso que não há solidão mais triste que alguém sem Amigos. A falta de Amigos faz com que o mundo pareça deserto. E se alguém se sente nesse deserto, saiba que nele a liberdade verdadeira passa distante.
Liberdade, assim, é essencialmente leveza. Mas não uma leveza do essencial vazio, pois nesse essencial vazio há apenas solidão. Podemos entender o que seja solidão quando o coração, em não estando vazio, faz sobrar lugar que não acaba mais...
Há um outro sentido nisso tudo. Acontece que solidão é um lugar bom para se visitar uma vez ou outra, mas ruim de adotar como moradia. E quem não souber povoar sua solidão, também não conseguirá isolar-se entre a gente.
Não atentar em desenvolver essa perspicácia, a de povoar s…

CLIP: VIDA DE EMPREGUETE

MUITAS CONVERSAS COM NIETZSCHE...

Imagem
"Nunca é o alto preço a pagar pelo privilégio de pertencer a si mesmo..." Nietzsche




"Quanto mais alto voamos, menores parecemos aos olhos daqueles que não sabem voar." Nietzsche

"Aquilo que vivemos no sonho, e que nele vivemos repetidas vezes, termina por pertencer à economia global de nossa alma, tanto quanto algo "realmente" vivido." Nietzsche

CONVERSANDO COM NIETZSCHE (2)...

Imagem
"Conheço a minha sina. Um dia, meu nome será ligado à lembrança de algo tremendo - de uma crise como jamais houve sobre a Terra, da mais profunda colisão de consciência, de uma decisão conjurada contra tudo o que até então foi acreditado, santificado, querido. Eu não sou um homem, sou dinamite."


CONVERSANDO COM NIETZSCHE...

Imagem
"...Ninguém pode construir em teu lugar as pontes que precisarás passar para atravessar o rio da vida - ninguém, exceto tu, só tu.

Existem, por certo, atalhos sem números, e pontes, e semideuses, que se oferecerão para levar-te além do rio; mas isso te custaria a tua própria pessoa; tu te hipotecarias e te perderias.
Sabido, apenas, é que existe no mundo um único caminho por onde só tu podes passar.
- Onde leva? Não perguntes, segue-o!"
Nietzsche