Postagens

Mostrando postagens de Março, 2012

UM CHARME PÚBLICO CHAMADO: GRANDE OTELO

Imagem
Às vezes me pergunto se há uma boa vantagem em ser servidor público. Mas foi num desses instantes que me deparei com uma preciosidade esquecida em um canto de sala, e de imediato me dei conta, navegando em meus pensamentos, que construir vantagens compatíveis com a  carreira pública pode exigir, dentre outras habilidades,  uma boa dose de humor.
Jogado em uma sala a foto do grande mestre Grande Otelo. O ator havia sido Assistente Técnico no Ministério do Trabalho por 18 anos, de 1954 a 1972, tendo dividido seu tempo nesse período entre os sets de filmagem e o Ministério. Esse ilustre colega, Sebastião Bernardes de Souza Prata, o eterno Macunaíma, foi assiste do serviço de recreação. Alí participou das elaboração do anteprojeto que regulamentava a profissão de artista e ministrou cursos de interpretação numa escola criada pelo então delegado regional do trabalho.
Como costumava acontecer na época, o ator conseguiu o emprego graças a uma amigo. No caso, o Jornalista José Gomes Talarico…

POLÍTICAS SOCIAIS - COMECEMOS A ENTENDER, PARA ACOMPANHAR A GESTÃO.

Imagem
Façamos uma reflexão sobre as organizações políticas, tentando estabelecer um posicionamento de urgência com a questão social, agora e após as eleições de 2013, principalmente em seus aspectos de gestão. Nesta reflexão, acredito fundamental considerar os efeitos econômicos das políticas sociais sobre o produto nacional e renda das famílias.
Inicialmente devemos considerar que as sociedades constroem ao longo de suas histórias uma série de mecanismos estatais que se destinam a diversos propósitos. Isso se dá a partir da força do movimento social e das organizações políticas. Convém dizer que esses mecanismos ganham contorno de uma política social quando se destinam a proteger e promover seus membros, em que pesem não existir um padrão consensual de conjunto de políticas preestabelecido para se determinar o que seja uma política social.
Para consensuarmos o que seja esse conjunto de políticas social é importante que o gestor conheça que opções foram escolhidas para elas, por que foram sel…

AVALIAÇÕES E INDICADORES - INSTRUMENTOS ESSENCIAIS PARA O NEGÓCIO.

Imagem
O monitoramento e avaliação dos programas, não apenas os de governo, são ferramentas essenciais para a boa prática gerencial. A avaliação é um procedimento que deve ocorrer em todas etapas permitindo ao gestor o acompanhamento das ações e sua revisão e redirecionamento quando necessário. Enquanto o monitoramento é uma atividade gerencial interna,que se realiza durante o período de execução e operação, a avaliação pode ser realizada antes ou durante a implementação, como ao concluir uma etapa ou projeto como um todo, ou mesmo algum tempo depois, devendo se preocupar com o impacto provocado pela intervenção, principalmente no setor público, considerando seus beneficiários.
Bons instrumentos de monitoramento podem ajudar a identificar falhas de implementação dos programas, além de contribuir para melhor especificar pesquisas de avaliação que possam esclarecer, de fato, as causas de eventuais anomalias. Visto assim, as pesquisas devem ser elaboradas com foco ou especificidade, delineando o…

SPORT RECIFE versus BOCA JUNIOR DA ARGENTINA

Imagem
Clube pernambucano negocia um amistoso contra o gigante sul-americano, que serviria de homenagem ao aniversário do clube e demolição da Ilha Ilha do Retiro lotada, torcida frenética e em campo Sport e Boca Júniors em ação decidindo a Libertadores da América. Um sonho constante no imaginário dos rubro-negros e que está perto de se tornar realidade, mas em caráter amistoso. 
O clube pernambucano já iniciou entendimentos com o todo-poderoso time argentino para realizar uma partida amistosa este ano. O Sport, inclusive, já solicitou à Federação Pernambucana uma data para a realização do jogo.
- O Boca só pode jogar no dia 29 de julho e nós já pedimos à FPF que nos represente junto à CBF para que folguemos na data, caso tenha rodada da Série A - adianta o presidente Gustavo Dubeux.
O dirigente já conversou com representantes do Boca Júnior e acredita no entendimento. Uma empresa que organiza enventos está à frente do projeto. O 'cachê' do Boca seria bancado por patrocinadores e o clube…

DESEMPENHO E ATITUDE.

Imagem
Desempenho profissional depende de atitude, e esta pode ser definida como vontade de realizar, ou podemos chamá-la, também, de determinação. Se você conhece seu trabalho e tem habilidade para executá-lo, a atitude conduzirá ao que se espera de sua atuação: competência.
Porém, conhecimentos e habilidades podem ser desenvolvidos de forma sistemática e planejada. Você pode estudar, ler livros e realizar treinamentos. Mas atitude é a sua motivação principal - tem tudo a ver com suas crenças, valores e propósitos pessoais - e se relaciona com seus objetivos. Dessa forma, se você acredita no trabalho que faz, os resultados dependerão dos seus conhecimentos e habilidades.
A atitude, em conjunto com conhecimentos e habilidades, é a base da competência profissional. Atitude produz resultados diferenciados. Os seus esforços sempre serão percebidos por alguém.
As empresas que sabem identificar pessoas com potencial para realizar seus objetivos valorizam as atitudes proativas.
Utilizam-se dessa energ…

CONCURSEIROS AINDA PODEM GARANTIR APOSENTADORIA INTEGRAL

Imagem
O projeto de lei que cria a Fundação de Previdência Complementar do Servidor Público (Funpresp) acaba de ser aprovado pela Câmara dos Deputados e, depois de passar pelo Senado, vai mudar radicalmente o sistema de aposentadoria dos servidores públicos federais. Mas o que levou o governo a tomar essa medida? A resposta é simples: não havia outra saída. Neste artigo vou explicar por quê.

Tudo começou em 1990. Naquele ano, que marca o começo da era Collor, entrou em vigor, em 12 de outubro, a Lei 8.112, que instituiu o Regime Jurídico Único dos servidores públicos civis e o Plano de Seguridade Social da categoria. Da noite para o dia, o governo transformou em estatutários 400 mil trabalhadores da administração direta, de fundações e de autarquias. Até então, esses trabalhadores eram regidos pela Consolidação das Leis do Trabalho, o que, na época, era permitido pela legislação.

Foi assim que entraram no sistema de seguridade social do governo federal, de uma única vez, 400 mil novos segurado…