Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2011

FIDELIDADE COMO UM NEGÓCIO PRÓPRIO.

Imagem
Deixar de valorizar uma manifestação de confiança que nos atribuam, abdicar de um ideal pessoal, de um relacionamento promissor ou de princípios de vida é algo que deve nos arremeter a uma profunda reflexão. Assim eu penso. Atrevo-me a dizer que é como auto-sabotagem, mas que em algum momento exigirá um basta. Tal conduta irrefletida compromete qualquer rota traçada por aqueles que depositaram respeito por nosso potencial crescimento, devido à falta de fidelidade ao que quer que tenhamos abraçado algum dia. Na verdade, esse impulso de desonrar os princípios de vida ou seus valores é algo merecedor de estudo, auxílio de terapias emergenciais, pois denota imaturidade e incapacidade momentânea de lidar com os apelos sensoriais, mundanos e ilusórios. Eu me utilizo da palavra mundano com o significado de que a vida cotidiana oferece inúmeras oportunidades ou caminhos alternativos para quaisquer situações. É, assim, imperioso, estarmos atentos aos sinais diários. Nas etapas de decisão, surgem …

É PRIMEIRA DIVISÃO!!!

Imagem
Houve chuva, muita, torrencial, um poço de emoção que só atrapalhou o bom toque de bola sempre apresentado pela equipe leonina. Contudo, havia uma grande torcida no estádio, vibrante, transformando em carnaval antecipado a tranquila cidade de Goiânia.

No primeiro tempo foi aquele jogo morno, tenso, confuso, um abalo forte para qualquer coração, pois a equipe mineira do Boa Esporte estava vencendo seu jogo e ocupava a última vaga de acesso à primeira divisão. Mas no segundo tempo foi aquele lance; aquele cruzamento na área; aquela cabeçada do Bruno Mineiro; aquele gol por debaixo das pernas do goleiro; aquela explosão de cada torcedor e de cada atleta em campo, e aí sim, a festa total dos pernambucanos até o final do jogo.
Todos nós, emocionados, continuamos a assistir ao melhor espetáculo, a do público presente, tão logo o árbitro apitou o final da partida: àquele manifestado pela torcida vibrante, que logo invadiu o gramado; e que gritava; e que corria para todos os lados; e que abraça…

O MÁXIMO DOS MÁXIMOS!

Imagem
É muito bom abraçar o “Leão da Ilha” contemporizando sua torcida jovem e empolgada, crescendo aqui, na região centro-oeste. O Sport Clube do Recife, o nosso Leão, seguramente terá sua vaga garantida na Série A do Brasileiro de 2012. Mas a força da torcida será fundamental na última partida do ano, e os Leões do Cerrado, com 80 integrantes atualmente cadastrados e citados como referências nas conversas entre torcedores na internet, não vão ficar de fora.
Não discuto que hoje é a maior torcida do Leão fora de Pernambuco. É organizada, se mobiliza para está presente nos jogos do Sport e proporcionar a força extra que a equipe precisa em seus confrontos esportivos, principalmente na região central do país. Neste sábado, dia 26 de novembro de 2011, é um momento decisivo: fanáticos vão descer do Distrito Federal para Goiás e assistir ao confronto entre as equipes do Sport e do Vila Nova. É tudo ou nada...
O presidente da Leões do Cerrado, Ailton Valença, afundou-se nesta mobilização, e nã…

A VIOLÊNCIA CONTRA O NEGRO NO BRASIL

Imagem
por: Márcia Maria da Silva
       Psicóloga e Servidora Pública Federal
 Este texto é uma análise de como ocorre a violência relativamente à raça negra. Para tanto, o ponto de partida foi a teoria da violência hierárquica de Rita Laura Segato (2003). Para a antropologia, as práticas que às vezes são consideradas irracionais, tem sentido para os indivíduos e obedecem a lógicas situadas que devem ser entendidas a partir do ponto de vista das pessoas que executam. Nesse sentido SEGATO (2003) expõe que somente mediante a identificação desse núcleo de sentido, sempre levando em consideração a coletividade e as idéias socialmente compartilhadas, será possível atuar sobre os indivíduos e aplicar com êxito ações transformadoras sejam elas políticas, pedagógicas, publicitárias, entre outras. Ela explica que o trabalho de interpretar e compreender o significado das violências praticadas contra as categorias minoritárias sejam elas, mulheres, negros, homossexuais e índios entre outros, é um trabalh…

ENTENDER CLARAMENTE O QUE BUSCAMOS PARA ENCONTRAR O QUE PRECISAMOS.

Imagem
De fato estamos mais velhos, mais maduros. Os tempos se passam em uma trajetória de vida, o que não é meramente palavras. Percebemos esse amadurecimento à medida que olhamos para as pessoas e naturalmente detectando nelas um pedaço de nós mesmos — ou do que fomos. Aí, independente de quem seja esse tal outro, concluímos que não existe certo ou errado. Nós somos o que somos!
No íntimo, sabemos que cada pessoa nasce como balõezinhos que devem ser criados com imenso cuidado, mas não esqueçamos que uma hora eles sobem e escapam do alcance. Continuo achando a mesma coisa hoje, mas foi bem mais fácil entender dessa forma enquanto eram apenas palavras. Só posso afirmar que as transformações deixadas pela trajetória da vida trouxeram a garantia de que os problemas são do tamanho que damos a eles, e talvez por isso não devamos levar rancor de nada, mas apenas acariciar as cicatrizes sem se machucar.
 Assim, viver não é só indispensável é inegociável. Tentar é o caminho. Vamos aprendendo coisas q…

ESPIRITUALIDADE.

Imagem
A VIDA em seu dia a dia é apenas um caminho de Espiritualidade. A visão que se deve obter por este viés inquestionável e initerrupto se traduz na capacidadedeenxergar oquehá de erradoconosco mesmo e deaceitaraideiade que o ser humano podemudar, expondo-se a um desejo efetivamente de transformação.


Ao adquirir o direito a Vida o ser humano se submente ao processo natural do planeta, estabelecendo todas as afinidades através do seu pensamento individual. Isso ocorre para aprimorá-lo, quer sob os múltiplos lampejos de LuzCriadora que ele seja capaz de perceber quer respeitando as demais inclinações que ele tenha fortalecido em si. Esse processo de aprimoramento é traduzido por pensamento transitório como extensão da alma. Neste propósito evolutivo a almanão temnome; não tem vertentes religiosas-não écristão, judeuoubudista; não émasculinooufeminino; não élimitado de nehuma forma. ÉAlma, apenas. Assim, não estar pertencente a uma religião ou a uma filosofia ou a umadoutrina não anula o seu …

HOJE, O NEGRO É ASCENÇÃO!

Imagem
Em rápida pesquisa através de órgãos oficiais, percebemos que cerca de cinquenta e um por cento da população brasileira é formada por negros e mestiços. Esse percentual é parte indiscutível de grande influência na cultura nacional, apesar de participação social, econômica e política menor do que a de outras etnias.

 Lamentavelmente, uma significativa parcela dos negros brasileiros possui baixa renda e enfrenta o preconceito no mercado de trabalho; lamentalvemte, parte desta parcela convive com a perseguição policial; lementavelmente, é explorada com baixos salários e faz parte do acervo de piadas em qualquer círculo social. Situações essas de uma herança cultural que a Lei Áurea de l888 não conseguiu abolir da sociedade brasileira, em que pese os motivos incidentes contabilizarem muita polêmica, apesar da nossa sociedade não admitir ser racista.
 Há de se refletir, ainda, que o conflito interracial no Brasil não é aberto como em outros países, o que impede muitos negros assumirem sua pr…